Site da 813

Desde 2000 dedicado à transmissão AM QRO

  • Full Screen
  • Wide Screen
  • Narrow Screen
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Neutralização com economia

E-mail Imprimir PDF

Durante o início de minhas atividades com RF montei meus transmissores sem me preocupar muito com neutralização. Sempre achava difícil neutralizar e nem tinha muita literatura a consultar ou alguém para dar umas dicas...

Anos depois, agora com umas dezenas de montagens a mais, aprendí que neutralização é a chave para um estágio de RF limpo, silencioso, comportado, que não me trará problemas com interferência, irradiação indesejada em outras bandas ou frequências, oscilações parasitas, perda de eficiência, etc...

mvc-008f_b_neutralizationcaps400Em estágios com triodos na saída, nem tem o que justificar: FAÇA A NEUTRALIZAÇÃO! Isto é mandatório para triodos e se não o fizer seu transmissor vai auto oscilar, sair em outras frequências... Em resumo: será um estágio de saída péssimo!

No caso dos estágios com tetrodos ou pentodos a grade screen (de blindagem ou auxiliar) tem a fama de ser a salvadora de que não quer se meter na "obscura arte da neutralização"! Mas coitada! Ela sozinha não consegue fazer todo o serviço.

Um amplificador com grade screen vai dispensar a neutralização somente sob certas condições de frequência de operação, capacitâncias intereletródicas da válvula e principalmente do layout utilizado na construção do amplificador, com vistas a separar eletromagneticamente o circuito de grade e placa, eliminando qualquer acoplamento entre estes.

Nem sempre é fácil conseguir isolar estes circuitos a ponto de dispensar totalmente a neutralização. Se você nunca precisou neutralizar um amplificador de suas montagens duas coisas podem estar ocorrendo:

1 - Você é um excelente montador com grande conhecimento sobre circuitos de RF e uma capacidade de elaboração de layout fabulosa e está realmente de parabéns! Você é meu mestre!!!

2 - Você não faz idéia do que está acontecendo no seu transmissor! Sua modulação deve estar "presa" ou espalhando, ou o indicador de corrente de placa do estágio de RF não "sossega" e fica pulando de um lado para o outro enquanto você modula, ou nunca consegue tirar a máxima potência de RF do circuito em PI quando encontra o "dip" de placa mas sempre quando abre o capacitor de sintonia bem além do "dip"....

Se você está enquadrado na primeira opção já lhe cumprimentei e não encherei mais a sua "bola"! Se estiver mais para a segunda opção eu recomendo fortemente avaliar a neutralização se seu transmissor... Se está satisfeito do jeito que está com um amplificador operando de forma medíocre, simplesmente não faça nada, vamos falar de outra coisa....

Para os interessados e para que entenda a dica abaixo aconselho dar uma olhada na Seção Teoria aqui da 813AM tem muita informação sobre Etapas de RF e Neutralização, principalmente no Capítulo 2 do Manual TT4 da RCA.

Estes dias atrás enquanto folheava a edição de  março de 1940 da QST encontrei na página 28 o artigo de B.P. Hansen, W9KNZ - "Neutralizing Economy"  que dá uma excelente dica de como neutralizar seu amplificador sem gastar muitos U$, na época adquirindo um capacitor de neutralização da Johnson ou Millen. Agora que já não estão mais disponíveis para venda, serve para nos ajudar a poupar uma grande busca por sucata ou algo que se aproxime de um capacitor de neutralização, com suas características de baixa capacitância e muito alta isolação entre placas e em relação a massa.

neutral_economy_fig2A idéia do autor é muito interessante e consiste em utilizar o artifício de dividir a alta tensão corrente contínua e a RF presentes sobre o capacitor de neutralização em duas partes: uma de alta tensão CC sobre um capacitor fixo (Cx), de grande capacitância e alta isolação, o qual deixa passar toda a RF e outra de baixa tensão CC sobre um capacitor variável (Cn) de baixa capacitância e baixa isolação, como um trimmer ou padder ou outro capacitor variável que seja adequado, o qual lidará com a RF envolvida no laço de realimentação.

Agora vem a grande idéia: para que a tensão CC apareça somente no capacitor de alta isolação basta aplicar em paralelo com o capacitor variável um resistor (Rn) de aproximadamente 470k por 2W ou 5W de filme metálico ou carbono, o qual manterá a níveis seguros a tensão entre as placas do variável.

Realizei um teste em um transmissor montado a muitos anos, na época em que eu só tinha como instrumento no "laboratório" um multímetro Hioki 3007 analógico, o qual mantenho até hoje em plena atividade! Este transmissor possui o oscilador, excitador e modulador transistorizados de uma das primeiras versões do transmissor "Porvinha" do Joaquim PY2JPP e uma PL500 na saída de RF no lugar da saída original com MRF455. Este transmissor sempre me deu dor de cabeça com TVI quando operei em Uberlândia - MG e estava parado na estante a pelo menos uns 6 anos...

Somente para "pendurar" e ver se funciona, com um capacitor de 75pF / 3kV e um trimmer de louça daqueles de 3-30pF e um resistor de 470k 1W funcionou de primeira! Com somente excitação aplicada e a tensão de placa desligada consegui medir com o osciloscópio conectado sobre a carga fantasma um nível de RF de somente 20mV com este circuito, contra 6V (isto mesmo 6000mV) existentes antes de aplicar a neutralização!

O circuito de saída ficou uma seda! Com "dips" de placa pronunciados e com a potência de RF sendo transferida pelo PI com máximo coincidente com o "dip".

O capacitor Cx poderá ser de 470pF ou 1000pF por um tensão no mínimo 3 vezes maior que a tensão de placa da válvula para operação em AM e duas vezes para operação em telegrafia ou SSB. O capacitor de neutralização (Cn) deve ser escolhido conforme indicado na literatura citada, mas poderá ser uma unidade para baixa tensão. O resistor (Rn) deverá ser de 470k por 1 a 5W dependendo da corrente circulante pelo laço de realimentação.

Experimente este sistema em seu transmissor! Boa sorte!

Marcinio - PU2MAS

 

Comentários  

 
# Visitante 17-05-2009 20:57
Boa Noite Marcinio,

\"\"\" Não perca tempo em experimentar este sistema em seu transmissor! Boa sorte! \"\"\"

tem algo errado com essa ultima frase do seu artigo, ou sou eu que não captei a mensagem hehe

abs,
Josias
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Visitante 17-05-2009 21:19
KKKKKK!
Caramba! Que besteira eu escrevi!!! Isso é que dá fazer várias coisas ao mesmo tempo... Não sai nada que presta!
Muito obrigado pela correção! Fico feliz que tenha pego o \"gato\" em pouco tempo.
Vou contratar você para revisor!!!
Aliás, você está como autor na página. Entre com seu login e senha e poderá escrever algum artigo caso tenha interesse.
Forte 73!
Marcinio
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Juliano Pietsch Moretto 06-06-2012 21:22
Ola amigo saudações voce poderia me ajudar? Como faço para neutralizar a saida de meu FT-101E (6146)? Obrigado
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Eduardo 26-09-2012 12:50
Olá Juliano,
Verifique no manual do FT101E há um roteiro para executar a neutralização.
73!
Eduardo
Responder | Responder com citação | Citar
 
Banner

Usuários Online

Nós temos 570 visitantes online

Estatísticas

Membros : 4
Conteúdo : 363
Links da Web : 38
Visualizações de Conteúdo : 8091833

Direitos autorais

Copyright © 2017 813am.qsl.br. Todos os direitos reservados.
Designed by JoomlArt.com.
Joomla! é um Software Livre com licença GNU/GPL v2.0.
Você Está Aqui