Site da 813

Desde 2000 dedicado à transmissão AM QRO

  • Full Screen
  • Wide Screen
  • Narrow Screen
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Neurose: Radioamadorismo vai acabar?!?!

E-mail Imprimir PDF

Depois de um domingo (e também do sábado) de muito trabalho na 3M aqui em Ribeirão Preto para colocar um sistema reformado de volta em operação, uma das coisas que eu esperava para deixar o finalzinho do dia mais agradável seria ler alguma mensagem interessante sobre um novo contato com estação rara, algum teste em PSK31, uma montagem nova valvulada, alguma dúvida pertinente que pudesse alimentar meu cérebro com algo diferente de automação industrial...

Mas para meu DESESPERO, ao abrir as mensagens de e-mail o que encontro nas listas de discussão é um bando de pessoas neuróticas, radicais, recalcadas e outros adjetivos que não vem ao caso, se degladiando sobre o tema título deste pequeno artigo...

Um defende que ninguém, nem nehuma instituição (leia-se LABRE), faz nada pelo radioamadorismo. Outros dizem que quem faz alguma coisa (leia-se os amigos que estiverem em Brasília recentemente para uma importantíssima e bem sucedida reunião com ANATEL e Minicom) estão "dando murro em ponta de faca" e que não trará nenhuma melhoria para a classe. Outro defende que a exigência de telegrafia para promoção de classe é um erro e impede o crescimento do número de radioamadores (o que eu particularmente concordo). Outro já "desce a lenha" neste, pois adora telegrafia (eu também adoro) e acha que é a coisa mais fácil do mundo de se aprender (para ele) e que todos os que não gostam, não querem ou não tem facilidade ou tempo para aprender (como eu) são idiotas...

Isto é realmente deprimente... E olhe que uma boa parte dos envolvidos nestas discussões INÚTEIS são radioamadores ativos, grandes experimentadores, telegrafistas, contesteiros, mas com um problema grave: não conseguem conviver socialmente ou entender como uma fraternidade ou associação (como a dos radioamadores) deveria funcionar.

Sinceramente não dá para entender... Vamos concentrar nossas energias para produzir algo REALMENTE ÚTIL para a classe. Vá para o rádio popular as faixas, na modalidade que você gosta seja ela qual for. Vá para a bancada experimentar um novo (ou antigo) conceito. Vá para o telhado experimentar uma nova antena, aproveitando para respirar o ar puro de fora do "shack". Vá para a LABRE mais próxima e coloque-se a disposição como voluntário. Se é sócio "remido", volte a contribuir com a instituição. Escreva um artigo para a nova revista brasileira sobre radioamaorismo, recém criada e necessitando de contribuição. Escreva um artigo para este site (agradeço muitíssimo) ou outro qualquer. Junte os colegas radioamadores de sua cidade para um bate papo no final de semana para troca de idéias, projetos, equipamentos. Visite um radioamador "das antigas" e dê uma injeção de ânimo, trazendo o OM novamente para as faixas. Se for o caso, monte você mesmo uma antena para ele. Visite um radioamador novato e compartilhe com ele o que você sabe e quem sabe também não aprende algo com ele?

Só faço um apelo: CHEGA de negativismo e discussões cretinas nas listas ou via éter.

Vamos fazer alguma coisa para melhorar nossa classe?!

Um 73 QRO a todos!

Marcinio - PU2MAS/PU5KRO

PS: Não sei se a utilização do termo "Neurose" é correto para designar o tipo de distúrbio mental a que estes radioamadores estão submetidos, mas no "popular", normalmente se chama esta gente de "neurótica"! Me desculpem os psicanalistas de plantão!

Comentários  

 
# Marco - PY2CWW 13-02-2012 08:45
Marcínio, nota 10! É isso aí mesmo! Antigamente, os índios não esperavam que alguém ou o divino trouxessem a chuva de graça. Eles dançavam (dança da chuva) para trazer a chuva (sobrevivência da tribo). Se não chovesse, era porque não fizeram bem feito, e dançavam novamente com mais intensidade. Os índios, povo atrasado (muitos dizem isso), não criaram a “dança do baixo astral” ou do “pessimismo”, mas criaram a “dança da guerra”, quando querem proteger sua tribo (interesses). Mas não entendam errado, é uma “dança”, coisa prazerosa. Não é ritual de morte, através de sacrifícios ou coisas deste tipo. Como o Marcínio comenta - faça algo que adicione, contribua. Faça seu QSO, faça uma montagem, ajude alguém da antiga que realmente gostada de rádio.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Nelson Martins jr 13-02-2012 08:54
Marcinio parabéns por + essa observação!
por aqui tenho contato com os amigos faca. fernado py2rf. kiko py2lf. aprendi muito com sr (miguel avolio antigo py2lf) que atualmente o indicativo é do kiko . ouvindo o professor Edson por almirante tamandaré
sou tecnico de manutenção em elevadores e sobra pouco tempo para dividir com montagens familia e o radio não dá tempo para estudar a telegrafia com isso fico só na coruja !
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Sergio - PY2MGN 13-02-2012 15:12
Boa tarde Marcinio, concordo plenamente. Até me fez lembrar da canção pra não dizer que não falei das flores no verso "Que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora
Não espera acontecer"
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Sylvio Araujo de Sá 15-02-2012 18:04
Marcinio,não te conheço pessoalmente,gostaria que vc estivesse aqui para ser um amigo radioamador pois são
de radioamadores como vc que estamos precisando e com
urgência.Parabêns - PU4SAD.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Ezequiel Candido - PY7NQ 23-02-2012 18:35
Eu entre de primeira como classe B, pois desde moleque sei telegrafia e já trabalhava com eletrônica, adoro CW, mas apoio para deixa CW só para exame de classe A, acho que o radioamadorismo BR iria crescer muito, ate mesmo porque 95% dos classe B e A nunca aprenderam telegrafia, entraram por meio do velho jeitinho BR uns molhando mãos e outros por meio de padrinhos, é fácil reconhecer esses quando se ouve nas faixas falar APRENDI CW PARA FAZER EXAME, HOJE NÃO SEI MAIS. hihihi 73 DE PY7NQ
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# adalberto pu5att 24-02-2012 15:41
Marcínio
É certo que o radioamadorismo não vai acabar, e feliz
daquele que gosta da válvula, vai encontrar o que fazer.
Agora, não poder fazer fonia em 20 metros sem saber ´
a telegrafia, é um impecílio inexplicavel e desencorajador.
A tecnologia está tão avançada que tambem não é pertinente querer que um Macanudo entenda das lides
do chips e dos circiuitos desta geração atual, complexa e
desestimulante.Tem que mudar a covenção, facilitar.
PU5ATT
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# JOSE JOFFRE 01-04-2012 22:15
Sou apenas um recém chegado, nem rádio tenho (chega em 4 dias o meu primeiro icom 2200), li e reli vários artigos e fiz ate simulados pela net mesmo dos testes e passei...
Realmente pelo que vi na net, os sites de classe estão desatualizados, e os sites particulares, bombando.
No meu caso, SP, tentei verificar as datas de inscrições para os testes e para minha surpresa, o calendário não relata nenhuma!
Gostaria muito que a cláusula do cod morse fosse revista (classe B), realmente tive muita dificuldade!
Bom, mesmo assim serei mais um a me unir a vocês!!!
E tudo começou vendo colegas no uso em trilhas 4x4...
Grande abraço
Joffre
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Cassiano 01-05-2012 23:02
Olá Marcínio, boa noite, sabes que concordo plenamente contigo, e sei que sabes disso, pois foi seguindo teus conselhos que mudei muita coisa que eu vinha fazendo, agora eu estou colhendo alguns resultados daquelas nossas conversas.
Um baita abraço e uma ótima semana, e quando tiver tempo, vamos fazer radio!!! 73
Responder | Responder com citação | Citar
 
Banner

Usuários Online

Nós temos 969 visitantes online

Estatísticas

Membros : 4
Conteúdo : 365
Links da Web : 38
Visualizações de Conteúdo : 9743290

Direitos autorais

Copyright © 2017 813am.qsl.br. Todos os direitos reservados.
Designed by JoomlArt.com.
Joomla! é um Software Livre com licença GNU/GPL v2.0.
Você Está Aqui